You are beautiful

Entrei em uma Igreja e bem no meu caminho havia um espelho bem grande no qual estava escrito em cima: “you are beautiful” e, na parte de baixo a frase continuava em letras menores: ” …and so is your enemy”. Você é linda e isso é seu enimigo – esta foi a tradução que fiz na hora!Eu fiquei encantada, provocada, pensativa!

Se eu olhar para tras, fui criada como uma princesa, com todos ao meu redor elogiando, como se a beleza fosse o passaporte para a tranquilidade eterna. Nunca foi. Muito pelo contrário. Já perdi as contas de quantas vezes fui julgada pela aparência e não pelo conteúdo. Minha primeira tática foi não dar bola e pensar que minha inteligência poderia ser uma arma secreta e que inclusive me daria vantagens. Com o tempo, vi que a negação não resolve nada. Muito pelo contrário: é impossivel combater algo que não existe.

E o fantasma da beleza continuou me perseguindo. Assim como diz o ditado: “o prego que se destaca é o que leva a martelada” muitas vezes também em minha vida chamar à atenção me colocou como alvo fácil. E aí começa um movimento instintivo de proteção – enfeiarse para protegerse. A gente se auto sabota querendo facilitar as coisas, querendo levar menos marteladas da vida.

Acho que é assim que começa o tal “medo de ser feliz”, ou, porque não dizer, o medo de ser luz. Também acredito que no fundo a gente volta e meia se boicota…tem medo de ser luz…porque ser luz chama a atenção e quem não tem, sempre quer! É mais ou menos como aquela musica que diz que mais importante que ver o sol é saber brilhar…Afinap, ver o sol, ou mesmo aprisioná-lo, não garante luz a ninguém.

Contudo a tradução – há controvérsias! – não é bem como imaginei e talvez seja mais um “você é linda….e o seu inimigo também”. Nesta caso, a cabeça continua à mil mas os caminhos são outros…e igualmente desafiadores! Lembra daquele ditado que diz: “pimenta nos olhos dos outros é colírio”? Pois bem. Eu imagino que seja por aí. Se nós somos lindos e nosso inimigo também, o que, afinal de contas, nos diferencia? Se todos precisam, por que eu preciso mais? Será que Deus leva em consideração a beleza ao designar quem vai ou não vencer? Por que o nosso inimigo é nosso inimigo?

No final das contas, o tal espelho com a controversa frase, está em uma igreja. Talvez queira “apenas” dizer que Deus ama a todos igualmente. Mesmo assim, a minha cabeça não para….

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s