Seleção Genética

Se os médicos  brincam de Deus, desvendando os mistérios da genética por que eu não  poderia também  fazer também minha seleção?

Dizem que os laços de sangue unem, mas nada une mais do que a afinidade. Se a árvore existe, flor, fruto e raízes estão  unidos…senão, como manter juntos todos estes elementos, mesmo com propósitos tão  distintos? Quem disse que é  a lei da natureza, muito se engana: é justamente o contrário – pela força da natureza, que cada um siga o seu caminho, se unindo àquilo que faz sentido, aquilo que faz crescer, que faz viver…que faz celebrar a vida! A flor morre para gerar o fruto. O fruto se transforma em semente, para repetir o ciclo da vida. A mãe  pássaro tem coragem suficiente para jogar do ninho o filhote que não têm condições de sobreviver. Por que nós  não  temos coragem de, simplesmente, “deixar ir”?

A despeito de “pré-conceitos”, foi esta a minha opção: eu busco o ar – puro – eu busco o amor – sincero – eu vivo – em paz. Por que deveria fazer diferente e violentar a natureza? Violentar a minha natureza.

Assim, fui escolhendo o que para mim faz sentido. Me cercando  do que me faz – ou de quem me quer – bem. O resultado é que hoje tenho uma família do coração, de pessoas que são  luz e estímulo para minha vida. Este vínculo  faz seguir a vida, ainda que deixe algumas pessoas escandalizadas. E este desconforto da sociedade não  me serve ou me atinge, pois em minha conexão  com a natureza aprendi que o que realmente vale na vida é  a paz no coração…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s