Cansar para descansar

Cada louco com a sua mania – e eu tenho várias! Quando a correria chega ao extremo, ou seja, a mente já deu o que tinha que dar, é a vez de explorar o corpo, fazer com que ele chegue ao limite do cansaço, para que eu possa então zerar a conta, dormir o sono dos justos e acordar pronta e inspirada para outra, com a mente limpa, com o corpo destravado.

É por isso que quando tenho uma brecha no trabalho – que é basicamente mental – eu aproveito para cansar o corpo… e como é bom: junto com o suor parece que coloco para fora toda a preocupação, todos os sapos engolidos sem tempero, todos os medos e inseguranças… Vou digerindo, metro a metro da pedalada, cada informação e processando dados, para decidir quais serão as cenas do próximo capítulo.  Aliás, tem uma frase que amo que diz que o caminho não está feito, ele se faz ao andar… É, acho que é essa a minha lógica, ou melhor, minha loucura!

Me permito mudar o rumo, se o destino não for minha felicidade. Sim, isso mesmo: tem gente que luta com o mundo, luta por dinheiro acima de tudo, luta por poder…eu “só” luto pela minha felicidade. E viro bicho para me defender, pois ninguém fará isso por mim. Nesta luta louca, mas para mim muito coerente, inventei alguns o indicadores que me fazem ligar o sinal amarelo – que indica correções no rumo. Talvez o principal deles seja quando o cansaço mental é tão grande que derruba o corpo. Quando suga o ânimo que me põe de pé na madrugada para ir cansar o corpo nas raias de natação.  Quando o cansaço cega meus olhos para a beleza da vida e diante de todo um universo de bênçãos e realizações insisto em olhar para a laranja podre no horizonte… que nem culpa minha é!!!

No final do ano, pratiquei esta técnica. Usei todas as minhas forças para me cansar… para me entregar de braços abertos as coisas que amo e deixar que elas me mostrassem o caminho. 

Numa quinta-feira – em plena época de histeria coletiva de final d ano – fui pedalando tal qual uma àrvore de Natal para o trabalho, desmontei a bike, coloquei na mala e o taxista agendado já estava à espera para nos levar ao aeroporto no horário combinado. Destino: cidade maravilhosa – onde montanha e mar se unem, ou seja, onde é possível fazer um ótimo combinado de bike e natação. Onde é possível cansar da melhor forma para descansar. E foi o que eu fiz. E como fiz! No sábado foram 4km de natação e eu, surpresa pelas correntes e meu óbvio despreparo, fiquei quase duas horas no mar e acabei pedalando apenas no nível do mar, para não ter que me curvar ainda mais diante da montanha. Foram só 50km, revendo minha história pelas ruas e paisagens cariocas.

No dia seguinte, o encontro sonhado: eu, minha bike e a montanha. Foi difícil. Mas, como tudo na vida, não foi impossível.  Subi em marcha lenta, pensando o quanto é importante para mim recuperar minha forma. Para garantir minhas explorações. Para mim. E este deve ser o maior e melhor motivo. Sempre. Para mim!

Ano retrasado, praticamente nesta mesma altura do ano, dei a mesma fugidinha, com o mesmo destino e intenção. Para desviar das perguntas tolas, tenho a resposta na ponta da língua: vou competir. E vou mesmo. Entro n água com centenas de nadadores, mas só quero vencer uma pessoa: EU! Enquanto todos estão tomados pelo quase desespero de terminar tudo que não foi feito durante o ano eu me dou ao luxo de parar, chegar ao limite da exaustão e começar de novo. Administrar a ansiedade, desarmar o corpo… e, por falar falar em desarmar, quem disse que o 31 de dezembro tem que ser a data da bomba relógio? Quem disse que tudo que não foi feito o ano inteiro tem que ser feito ou ira pelos ares? Não, eu tento não me contaminar por este equívoco. Eu alimento sonhos todas as noites e espero acordar com forças para realizá-los todos os dias!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s